Manoel Jr. mantém cruzada por candidatura de Cartaxo: “PSD detém o melhor nome para o governo”

 Ao passo em que os partidos da oposição consolidam suas pré-candidaturas ao Governo do Estado e valorizam o passe até as convenções, o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (MDB), segue incansável na defesa da candidatura do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD). A postura do emedebista contraria a decisão da cúpula do MDB, que defende e apoia a pré-candidatura do presidente da legenda, o senador José Maranhão.

Em entrevista concedida na última semana, Manoel Jr. disse que o PSD tem o melhor nome para o Governo do Estado. “É o nome de Luciano Cartaxo que está nas pesquisas quantitativas e qualitativas despontado em primeiro lugar. Quem tem o nome pra cabeça de chapa não pode estar pensando em plano B”, disse o vice-prefeito, ao ser questionado sobre declarações do deputado Manoel Ludgério, que, mesmo compondo os quadros do PSD, defendeu chapa com Romero na cabeça e Cartaxo de vice.

Sem querer criar polêmica, Manoel minimizou tais declarações e ressaltou o papel de Campina Grande na formação da chapa majoritária. “Ludgério é nosso aliado, sem dúvida estaremos juntos no mesmo palanque, Campina Grande precisa ter a indicação de nomes na chapa majoritária. Tem o senador Cássio que é candidato à reeleição, o senador Lira também à reeleição, nomes importantes para compor a chapa, mas vai passar por uma discussão com Aguinaldo (PP), Cássio , Romero, Luciano, Maranhão para que a gente possa chegar a entendimento, que é o que o povo paraibano quer”, finalizou.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia

Na companhia de Cássio e Ruy, Romero vai ao Sertão e reafirma pré-candidatura ao governo

 O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), foi ao Sertão do Estado neste sábado (20), dando sequência ao ciclo de visitas que tem realizado em prol da sua pré-candidatura. Acompanhado do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e do presidente do Diretório Estadual do PSDB, o ex-deputado Ruy Carneiro, Romero visitou Princesa Isabel e Maturéia, reafirmando a disposição do partido em torno do seu nome.

Leia também: PSDB mantém nome de Romero, mas não chega a consenso sobre prazo para definição de candidato

Em Princesa Isabel, Romero e comitiva foram recebidos pelo ex-prefeito Sidney Oliveira e a esposa, Flora Diniz, festejada aniversariante do dia. Um outro casal de lideranças políticas de peso também já se encontrava na residência: o deputado estadual João Henrique e esposa, ex-prefeita de Monteiro Edna Henrique, ambos do DEM.

Na companhia do vereador campinense Alexandre do Sindicato (PHS), vice-líder do Governo na Câmara, Romero manteve contato com várias lideranças da região e participou de uma entrevista na Rádio Princesa FM, participando em seguida de um almoço na casa de Sidney.

Maturéia

Em seu retorno para Campina Grande, Romero Rodrigues manteve encontro com o prefeito José Ferreira (PDT), de Maturéia.

Na oportunidade, Romero e Zé Ferreira conversaram sobre as conjunturas estadual e nacional, com especial enfoque no processo sucessório paraibano.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia

Luciano Cartaxo dá prazo para auxiliares decidirem sobre candidaturas até 31 de janeiro

 O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, estabeleceu um prazo para que seus auxiliares decidam se irão se desincompatibilizar dos cargos para lançarem candidaturas para as eleições de 2018. Os secretários e demais ocupantes de cargos comissionados deverão informar o prefeito sobre a desincompatibilização até o dia 31 de janeiro.

De acordo com a Justiça Eleitoral, o prazo final para desincompatibilização de cargos públicos para lançar candidatura é até o dia 7 de abril. Porém, o prefeito sustenta que o prazo foi estabelecido para garantir o cumprimento das metas traçadas para 2018 dando sequência ao plano de trabalho da gestão.

“A recomendação vem no sentido de preservar o ritmo de trabalho, com metas pactuadas que vão além das eleições, trazendo ainda mais resultados para a cidade”, defendeu Luciano Cartaxo. De acordo com o prefeito, nenhum setor, programa ou ação do município podem ser prejudicados em sua continuidade devido à campanha eleitoral.

“A antecipação representa uma importante medida de gestão, que prioriza o trabalho planejado, permitindo que os futuros gestores se apropriem das tarefas a cumprir, coordenadas pelo prefeito”, ressaltou o prefeito.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia

“Não quero morrer antes disso, não”, ironiza RC ao ser questionado sobre presença no governo em junho

 O governador Ricardo Coutinho (PSB) não tem se deixado intimidar pelas pressões em torno do seu futuro político, o que tem sido cada vez mais recorrente em razão da proximidade do prazo de desincompatibilização, caso ele venha a ser candidato nas eleições deste ano. Na última quinta-feira (17), durante abertura do Salão do Artesanato da Paraíba, o governador recebeu com bom humor e respondeu com ironia ao ser questionado se estará a frente do governo na próxima edição do Salão, que será realizado em junho: “Quero estar, vou estar. Não quero morrer antes disso, não”, disse.

Leia também: Ricardo entrega pavimentação da PB-048 e beneficia Pilar e Juripiranga

Ricardo Coutinho assina manifesto “Eleição sem Lula é fraude”

Se decidir se candidatar ao Senado, como é esperado, Ricardo terá que deixar o governo até o próximo dia 2 de abril.
“Eu tenho uma tarefa muito grande. Tenho algumas tarefas, entre elas garantir que o governo que eu represento termine o ano com mais força do que quando começou. Significa dizer que nós temos obras, serviços e ações para inaugurar até o último dia do governo”, disse o governador em entrevista.

Ricardo lembrou o momento difícil da economia e ressaltou o bom desempenho do estado da Paraíba diante do atual cenário. “No meio dessa crise que se instalou, o governo vai entregar 104 obras em um único trimestre e eu ainda vou anunciar um pacote de coisas novas que nós estaremos começando, entre elas a Bica de Sertãozinho, que eu antecipei a ordem de serviço em Mamanguape”, exemplificou.

O governador também aproveitou para alfinetar a oposição e disse que seus adversários não têm mais discurso. “Você percebe que é um governo que conclui uma gestão com um fôlego muito maior do que entrou. Talvez por isso a discussão tenha saído da política. Quem é contra o governo perdeu a discussão. Foram derrotados fragorosamente. Eles não têm mais o que dizer a cerca de políticas públicas, porque para onde você olha você percebe uma evolução. Mesmo no cenário terrível que se instalou no Brasil, conseguimos sair da curva, potencializar e melhorar os nossos indicadores”, comemorou.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia

 

Ex-secretário de RC comenta sobre o “silêncio ensurdecedor” de Lígia: “A partir de abril começará a falar”

 Ele tem autoridade para avaliar o Governo do Estado, porque já esteve atrás do balcão, conhece os personagens e foi testemunha de muitos fatos. Por isso, merece ser levado em consideração o comentário do ex-secretário e professos Lúcio Flávio Vasconcelos, em que aborda o “silencia ensurdecedor” da vice-governadora Lígia Feliciano.

O historiador lembra como, em 2014, Lígia terminou sendo uma espécie de tábua de salvação de Ricardo Coutinho, quando ninguém mais aceitou ser candidato a vice em sua chapa: “Lígia Feliciano foi o contrapeso necessário para enfrentar a força demolidora de Cássio Cunha Lima (PSDB). Sem ela, a derrota de RC era iminente.”

E observa: “Com certeza ela não é a candidata de Ricardo Coutinho. Foi útil para a reeleição em 2014. Agora não é mais. Ligia não detém a total e absoluta confiança e subordinação que o governador exige dos escolhidos para sucedê-lo.”

CONFIRA A ÍNTEGRA DE SEU COMENTÁRIO…
“Silêncio ensurdecedor

Na política, o silêncio é mais eloquente do que as palavras. O gesto mais significativo do que os discursos.
Quem acompanha os bastidores do poder na Paraíba, tem percebido a postura discreta da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT). Mas não imóvel.
Ela foi extremamente útil para a reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB) em 2014.
Quando muitos não acreditavam na viabilidade de RC ser reconduzido ao cargo maior do estado, Lígia Feliciano topou o desafio. Aceitou compor a chapa.
Nome forte em Campina Grande, onde atuava como médica, Lígia Feliciano foi o contrapeso necessário para enfrentar a força demolidora de Cássio Cunha Lima (PSDB). Sem ela, a derrota de RC era iminente.
Quando indagada sobre sua possível candidatura ao Palácio da Redenção em outubro de 2018, Lígia disfarça, tergiversiva, sai pela tangente.
Com certeza ela não é a candidata de Ricardo Coutinho. Foi útil para a reeleição em 2014. Agora não é mais.
Ligia não detém a total e absoluta confiança e subordinação que o governador exige dos escolhidos para sucedê-lo.
Caso se confirme a saída de RC do governo para candidatar-se ao senado, Lígia Feliciano assumirá definitivamente a condução do estado.
Ela já é um diferencial na política. Mulher, médica e sem nunca ter exercido nenhum mandato, é uma novidade que pode vir a sensibilizar o eleitorado paraibano, cansado de ver os mesmos de sempre se engalfinhando e se aliando, de acordo com as conveniências pessoais.
A partir de abril, caso ocupe o governo, Lígia Feliciano começará a falar.
E agir.”

Mais em https://goo.gl/uSMyQU

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia

 

DEU NA VEJA Kassab espera o PSD eleger Cartaxo e mais três governadores do partido

 O registro vem da Revista Veja. Segundo o jornalista Maurício Lima (Radar), o ministro Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia), presidente nacional do PSD, trabalha com a eleição de pelo menos quatro governadores nas eleições de outubro e um deles é o prefeito Luciano Cartaxo. Além de Cartaxo, o partido também aposta em seus candidatos do Paraná, Rio Grande do Norte e Mato Grosso.

Eis o que postou a Veja: “Apesar das implicações na Lava-Jato, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, tem dito a interlocutores que o PSD terá crescimento expressivo nas eleições. Segundo Kassab, o partido pode conquistar quatro governos estaduais: Paraná, Paraíba, Rio Grande do Norte e Mato Grosso. O PSD será vice em três estados: São Paulo (o próprio Kassab em chapa com o PSDB), Minas Gerais (provavelmente com Marcio Lacerda) e Santa Catarina (com Raymundo Colombo).”

Ainda segundo Maurício Lima, “Kassab também acredita na eleição de seis senadores, totalizando uma bancada de 65 parlamentares”.

Mais em https://goo.gl/4j69dw

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia

 

Lucélio contraria Ludgério e sinaliza que PSD não vai figurar como vice em chapa da oposição ao governo

 O deputado Manoel Ludgério (PSD) comentou que um nome do PSD como vice em chapa encabeçada por Romero Rodrigues (PSDB) seria uma boa composição. O nome sugerido foi o do presidente do PSD de João Pessoa, Lucélio Cartaxo (PSD). Na manhã desta quarta-feira (17), o próprio Lucélio repercutiu as declarações do parlamentar licenciado.

O presidente municipal da sigla, sinalizou que o PSD não irá compor chapa de forma secundária, ocupando uma cargo de vice-governador, já que tem um expoente à corrida eleitoral. “Acredito que nesse momento o mais importante é que a gente possa estar ao invés de citando nomes, a gente possa estar percebendo o sentimento popular. Acredito que o momento de decisão de candidatura, de chapa majoritária, é o momento de perceber a população e não podemos estar fazendo acordo de cúpula. Temos que fazer acordo baseado no que as pessoas estão querendo e entendendo que seja o melhor para Paraíba. Acredito que vai ter o momento do diálogo”, afirmou Lucélio Cartaxo.

Para Lucélio, o que a população almeja está muito claro, e é “importante que leve esse sentimento como prioridade. O partido, a participação dos agentes políticos, são muito importante, mas sem dúvida, a vontade do povo deve ser prioritário nesse processo todo”.

Questionado diretamente se estaria indicando que a vontade da população seja Luciano Cartaxo como candidato das oposições, ele recuou. “Não sei se a vontade do povo é Luciano Cartaxo. Temos que conversar com a população para que eles possam dar esse caminho para gente”, justificou. Porém, chancelou o nome do irmão como destaque oposicionista. “Mas é inegável que o nome do prefeito tem apoio de grande parte da população pelo trabalho que vem realizando na cidade de João Pessoa”, completou.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia

 

Marcos Vinicius se cacifa e entra no clube dos que decidirão as eleições de 2018

 O vereador Marcos Vinicius iniciou o ano de 2017 cercado de expectativas, mas como mero coadjuvante político. Com imagem de articulador brilhante, mas homem de bastidores, não se projetava o salto de cacife que, ao final do ano passado, se constatou. Marcos Vinicius deixou de ser coadjuvante e passou à condição de protagonista, eis a verdade.

Talvez não tanto quanto alguns imaginam, mas o suficiente para integrar o clube daqueles que podem decidir o futuro político do Estado. Muito se tem especulado sobre a possibilidade dele vir a integrar uma das chapas ao Governo do Estaco, como candidato a vice. Pode ser cedo para cravar este tipo de projeto, mas certamente terá de ser ouvido na formatação das chapas. Especialmente de oposição.

Há um bom tempo até agosto, quando se darão as convenções, para se confirmar ou não as expectativas criadas em torno de Marcos Vinicius. Vai depender, é claro, de como se conduzirá, primeiro na condição de gestor da Câmara que ajudou a catapultar sua imagem e, depois, como articular político que se, no passado, articulava em favor de terceiros e, agora, precisa saber se conduzir em causa própria.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia e Helder Moura

 

Veneziano diz que Maranhão tem até abril para provar que candidatura tem viabilidade eleitoral

 O senador José Maranhão (MDB) tem um prazo para garantir aos deputados estaduais e federais de seu partido que sua postulação a governador tem viabilidade eleitoral. De acordo com o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (MDB), o dirigente partidário tem até 6 de abril para provar que tem apoios suficientes para emplacar uma candidatura majoritária e não sacrificar a chapa proporcional. Ele disse ainda que os parlamentares não estão dispostos a se submeterem a um “jogo quase suicida”.

“O senador tem um prazo fatal que é 6 de abril. Se ele não apresentar aos membros do MDB que concorrem à Assembleia e à Câmara parceiros para uma composição, não vai adiante. Ele pode até pretender porque tem um mandato preservado por quatro anos. Agora, ele não vai convencer os candidatos a estadual ou a federal de que a sua candidatura possa ir adiante se não apresentar de forma concreta outros parceiros que consolidem as legítimas pretensões dos deputados estaduais e federais”, deixou o recado.

Veneziano observou que o MDB não pode apostar que a sorte das eleições de 2014, quando o partido elegeu três deputados federais, se repita em 2018.

“A situação de Hugo, de André, a minha situação, de Jullys Roberto, de Ricardo Marcelo, de Nabor Wanderley e de outros deixam de existir minimamente porque ninguém vai entrar mais naquele jogo quase suicida que foi em 2014”, concluiu.


Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia

 

ELEIÇÕES 2018 - É mais sábio a oposição sair com apenas um candidato ao Governo, diz Ruy Carneiro

 O presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, disse nesta sexta-feira (12), que a decisão mais sábia é a oposição sair com apenas um candidato e, entre janeiro e fevereiro, deverá ser escolhido o candidato melhor posicionado perante a população da Paraíba. É o que defende o presidente tucano, considerando os nomes de Romero Rodrigues (PSDB), Luciano Cartaxo (PSD) e José Maranhão (MDB). “Vamos analisar aí o melhor nome”, defendeu.

Em entrevista à TV Correio, Ruy Carneiro defendeu o lançamento de “quem estiver em melhores condições” nas pesquisas. Ruy disse que a escolha passa pelas pesquisas quantitativa e qualitativa, “conversa entre os candidatos”, “grau de motivação”, análise e bom senso.

O projeto de governo das oposições para o Governo do Estado ainda não está pronto. Para elaborá-lo, segundo Ruy, é preciso analisar a questão fiscal e tributária do Estado. Para Ruy Carneiro, o ciclo do PSB está se finalizando. “Cada vez mais o eleitor paraibano está mais qualificado, consequentemente, mais exigente, e é a esse eleitor mais exigente que a oposição tem que apresentar em breve espaço de tempo um projeto consistente que, volto a dizer, vise a melhorar a vida das pessoas”, disse. Segundo ele, a população, nas pesquisas, sinaliza para a oposição.

Ruy Carneiro ressaltou a importância de contemplar João Pessoa e Campina Grande, na composição da chapa majoritária.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia