Ex-jogador do Botafogo-PB Magno homenageado na Mangabeira FM e deveria ser eternizado com esttua pelo Belo Paraibano

 Hoje,  eu tive o prazer de entrevistar na Mangabeira FM – 104,9 o ex-jogador de futebol e atualmente professor Magno, companheiro de profissão, que fui no UNIPÊ, no curso de Educação Física, que me orgulha muito em ser professor, hoje jornalista, ao saber que meu amigo e irmão Magno o bom baiana e ex-jogador do Botafogo-SP era o homenageado do Programa de Esporte no Quadro “Por Onde Ele”, comandado por Marcílio Hercule  equipe, não poderia deixar de está presente a este momento impar do esporte paraibano.

Por isso, não poderia deixar de entrevistar e vivenciar um momento impar na história do nosso futebol. Esse sim calou o Maracanã na vitória de 2 a 1 do Botafogo da Paraíba contra o Flamengo que era o time do momento.

Magno é uma pessoa mais que especial pelo seu caráter e conduta dentro e fora de campo, amigo de todas as horas, me falta palavras para falar quem é Magno pelo seu brilho próprio e companheirismo.

A vida é feito roda gigante, sempre girando uma vez está em cima e outra em baixo, mas como dizia José Américo na volta ninguém se perde. “Na vida ter e manter amigos são uma dádiva de DEUS”. O Belo paraibano deveria eternizar o ex-jogador Magno com uma estátua em sua sede, no mínimo uma homenagem mais do que justa.

Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br 

 

http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

 

http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

 

 

 

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

                           

Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

 

 

Roberto Noticia  - DRT 4511/88 

Jornalista

 

CDL e Associao Comercial lamentam onda de violncia e Cmara pede tropas federais em Campina

Câmara Municipal, CDL e Associação Comercial estão articulando uma frente para cobrar a presença de tropas federais em Campina Grande, como forma de combater a onda de violência, especialmente o arrombamento de estabelecimentos comerciais. Por conta da insegurança, lojas estão fechando, outras sendo obrigadas a demitir, em funções dos altos custos com segurança privada.