Filho diz que o deputado Julian Lemos traiu Bolsonaro e sugere: pede pra cagar e sai

 O deputado federal Julian Lemos, que foi acusado pelo advogado de Jair Bolsonaro de ter comprado o diretório estadual do PSL na Paraíba, voltou a ser espinafrado, desta vez por ninguém menos que o filho do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro. Em bom português, Bolsonaro filho entoou mais ou menos assim: Julian, pede pra cagar e sai!

Em tom jocoso, Eduardo Bolsonaro disparou um petardo na direção de Lemos. Confira:

A ira de Eduardo contra Julian se deu por conta de uma suposta traição do paraibano ao pai na briga do PSL. Aliás, há quem diga que Lemos nunca teve o mesmo espaço com Bolsonaro desde a assunção à Presidência da República. 

Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br 

 

http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

 

http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

 

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

                           

Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

 

Da Redação com Roberto Noticia  - DRT 4511/88

 

 

 

Limpeza na Tabajara começou com exoneração de ex-superintendente Maria Eduardo doas Santos Figueiredo

 O Diário Oficial desta quinta (dia 17) traz mudanças expressivas na EPC (Empresa Paraibana de Comunicação), alterando o comando da Rádio Tabajara. O governador João Azevedo demitiu Maria Eduardo doas Santos Figueiredo (Duda), da Diretoria de Rádio, e substituiu por Albierge Lea Araújo Fernandes, que era diretoria do jornal A União.

Duda era uma das gestoras mais próximas do ex Ricardo Coutinho e, por vários anos, foi superintendente da Rádio Tabajara. Ela permaneceu no comando da rádio, na nova estrutura, a partir da criação da EPC que englobou a emissora de rádio e o jornal. 

Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br 

 

http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

 

http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

 

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

                           

Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

 

Da Redação com Roberto Noticia  - DRT 4511/88

 

Se Estela Bezerra não tem nada a temer, por que ela não assina a CPI da Cruz Vermelha?

 Investigada na Operação Calvário, a deputada Estela Bezerra, que (coincidentemente) tinha como chefe de gabinete a presidente da filial da organização social corrupta que geria o Trauma, e que (mais uma coincidência!) foi autora do projeto de lei que reconheceu o título de utilidade pública à Cruz Vermelha, seguiu o velho script dos investigados e fez um discurso cheio de honestidade na tribuna da ALPB.

Mas na prática, Estela se recusou a assinar a CPI da Cruz Vermelha, no começo do ano, que foi proposta justamente para investigar a corrupção nas organizações sociais, não só na Saúde, mas também na Educação.

Faltou apenas um voto para a CPI alcançar o quórum mínimo de 12 assinaturas.

Se Estela é tão inocente e não tem nada a temer, por que ela não assina a CPI?

E agora, Estela?

Vai assinar ou vai ficar só no discurso. Quem não deve não teme…

Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br 

 

http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

 

http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

 

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

                           

Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

 

Da Redação com Roberto Noticia  - DRT 4511/88

 

 

Vereador Marcos Vinícius propõe voto de aplauso para Luciano Cartaxo por trabalho na Educação

 O vereador, Marcos Vinícius (PSDB) apresentou requerimento nesta quarta-feira (16) sugerindo que o Plenário da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) aprove “voto de aplauso” em favor do prefeito, Luciano Cartaxo, pelo trabalho que realiza na áreas de Educação.

Em sua justificativa, Marcos alega que “desde o inicio de sua gestão em 2013, tivemos a grata surpresa de nos deparar com um grande defensor da Educação, comprometido de fato com a melhoria do aprendizado que é transmitido aos alunos, bem como as condições estruturais que complementam o avanço do ensino durante esses últimos 07(sete) anos no Município”.

Entre os feitos do prefeito, o voto relata a construção do complexo educacional CEI em Mangabeira e entrega ampliação do Capsi Cirandar, que irá beneficiar mais de três mil estudantes da rede municipal de ensino de João Pessoa matriculados em oito escolas do bairro de Mangabeira. O Centro de Atenção Psicossocial Infanto juvenil (Capsi) Cirandar, concurso público oferecendo 1.300 vagas para profissionais da educação, 105ª unidade de ensino, entre creches e escolas, construída ou reformada, municipalização e reforma de 27 centros de referência infantil, entrega de 11 novas creches nos bairros (Geisel, Colinas do Sul, Mangabeira II, Mangabeira VII, Mumbaba I, II e III, Cuiá, Bairro das Indústrias, Colibris), reforma e climatização de 11 escolas nos seguintes bairros (Expedicionários, Tambauzinho, Bairrodas Indústrias, João Paulo II, Bessa, Treze de Maio, Gramame, Mangabeira, Cristo, José Américo e Alto do Céu), entre outros.

A matéria tramita na CMJP.

 

Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br 

 

http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

 

http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

 

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

                           

Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

 

Da Redação com Roberto Noticia  - DRT 4511/88

 

 

SEGUE O TRABALHO - Mas o slogan deve mudar e alguns secretários podem estar de saída do governo

 Nos bastidores da reunião do governador João Azevedo, na manhã desta segunda (dia 7), dois comentários eram muito frequentes. Primeiro que o governo deve mudar o slogan “Seque o trabalho”, pelo que nele consta de continuísmo e “não de continuidade”. Conforme uma revelação ao Blog, João “precisa dar uma cara mais sua à gestão”.

Depois, alguns secretários devem deixar o governo, como Fábio Maia (executivo do Planejamento). Maia, como se sabe, além de ter um cargo de direção na Fundação João Mangabeira, também é integrante da comissão provisória do PSB, presidida pelo ex Ricardo Coutinho. Fábio segue sendo um dos auxiliares mais próximos de RC e tem sido visto frequentemente com ele, inclusive em viagens fora da Paraíba.

Após a reunião, Fábio Maia comentou sobre as declarações de João: “Não me compete fazer discussão sobre o que falou o governador, acho que dessa forma é que a gente precisa caminhar e entender que todos que aqui estão, estão contribuindo no governo, principalmente porque construímos esse projeto. É um projeto que vem depois de oito mudanças na Paraíba.”

Ato desleal – Há poucos dias, após a dissolução do diretório estadual do PSB, o ex-dirigente do partido, Flávio Moreira, chegou a postar em redes sociais: “Pra quem não sabe, Fábio Maia foi nomeado interventor do PSB da PB, após a deposição de Edvaldo Rosas via assinatura dos suplentes, já que nem maioria dentre os titulares eles tinham. O ápice do ato desleal e pilantra dos que acham que @joaoazevedolins  deveria ser fantoche.”

Demais cargos – Não foi comentado sobre cargos menores indicados por ricardistas. Como se sabe, vários deputados emplacaram centenas de postos no governo, e formam uma espécie de exército, que talvez não sigam explicitamente a posição de João. Mas, não houve comentário sobre essas pessoas.

 

Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br 

 

http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

 

http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

 

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

                           

Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

 

Da Redação com Roberto Noticia  - DRT 4511/88