Bolsonaro diz que filha tem sangue cabra da peste e que ama o Nordeste

 O presidente Jair Bolsonaro fez nesta terça-feira (23) um aceno aos nordestinos e pregou união em sua segunda viagem oficial à região, depois de entrar em atrito com os governadores dos Estados, de partidos da oposição.

“Somos todos paraíbas, somos todos baianos”, discursou ao público de apoiadores bolsonaristas que o aguardava sob chuva, do lado de fora do Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista (BA), numa espécie de comício da inauguração da obra.

 

“É um prazer estar aqui em Vitória, na Bahia. É uma honra hoje eu também ser nordestino cabra da peste.”

Na semana passada, Bolsonaro se envolveu em uma tensão com nordestinos ao ter uma conversa captada por câmeras de TV com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

“Daqueles governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada para esse cara”, afirmou o presidente, sem saber que estava sendo gravado.

Em meio a uma onda de críticas, Bolsonaro alegou que fazia críticas aos governadores do Maranhão (Flávio Dino, do PCdoB) e da Paraíba (João Azevedo Lins, do PSB).

Governadores da oposição destacaram que o termo “paraíba” é uma forma pejorativa, comum no Rio de Janeiro, para ofender os nordestinos em geral.

“Eu amo o Nordeste. A minha filha tem em suas veias sangue de cabra da peste. Cabra da peste de Crateús, no nosso Estado mais lá para cima, o nosso Ceará”, disse Bolsonaro.

“Não estou em Vitória da Conquista, não estou na Bahia, e nem no Nordeste. Estou no Brasil. Não há divisão entre nós. Sexo, raça, cor, religião ou região… Somos um só povo, uma só raça, um só ideal e um só objetivo: colocar esse grande País no lugar que ele merece.”

Regendo a plateia, Bolsonaro ordenou e causou frisson entre os convidados: “Quem é Nordestino levanta o braço. Quem concorda com o presidente Bolsonaro levanta o braço. Estamos juntos ou não estamos?”.

“Nosso governo não tem muitos recursos. O Brasil está com dificuldades, mas o pouco que temos muito bem empregaremos”, disse Bolsonaro, vestindo no palanque um chapéu de vaqueiro.

“O que não somos é aqueles que querem puxar para trás o nosso Brasil. Lamento não estar presente aqui o governador da Bahia (Rui Costa, do PT), até porque não podemos concordar com quem quer mudar a cor da nossa bandeira. A Bahia e o Nordeste vão crescer porque estão sendo pela primeira vez tratados como iguais. O Brasil é uma só união”.

“Xiitas ambientais”

Durante o discurso, o presidente afirmou ter “repulsa por quem não é brasileiro” e criticou “xiitas ambientais”, que, segundo ele, prejudicam o desenvolvimento do turismo no Brasil e a imagem do país no exterior.

Bolsonaro falava sobre a intenção de revogar a proteção ambiental da Estação Ecológica de Tamoios, no litoral do Rio de Janeiro. 

 

 

Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br 

http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

                           

Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

 

 

 

 

Da Redação com Roberto Noticia  

 

 

69% dos brasileiros apoiam fechamento do Congresso e novas eleies gerais, mostra pesquisa

 Estudo realizado pelo instituto Paraná Pesquisas ao portal Poder360 mostra que 90,8% não querem que Congresso escolha sucessor de Michel Temer em caso de cassação

 

SÃO PAULO – Caso o presidente Michel Temer perca ou renuncie ao seu mandato a partir de 2017, 90,8% dos brasileiros prefeririam escolher seu sucessor através de eleições diretas, conforme aponta pesquisa realizada pelo instituto Paraná Pesquisas ao portal Poder360.

A preferência dos eleitores vai de encontro com a determinação constitucional que aponta para eleições indiretas (isto é, a escolha seria feita por deputados e senadores) caso mais da metade do mandato tenha passado. Apenas 6% dos entrevistados concorda com tal procedimento. Para que o desejo da maioria seja atendido, seria necessário que o peemedebista renunciasse ou perdesse o mandato ainda neste ano.

O levantamento também perguntou se os eleitores seriam favoráveis ao fechamento do Congresso Nacional e a convocação de novas eleições para Deputados e Senadores nesse momento: 68,6% apoiam a medida, ao passo que 26,1% são contrários e 5,3% não sabem ou não responderam. O atual ordenamento constitucional, no entanto, não prevê tal saída, o que faria com que a maioria tivesse que contar com a boa vontade dos próprios parlamentares em promover as devidas alterações — cenário improvável.

O instituto também mostrou que 35,1% dos entrevistados são hoje a favor de “uma intervenção militar provisória”, ao passo que 59,2% são contrários. Para acessar o levantamento completo, realizado ao portal Poder360, clique aqui. O estudo foi realizado entre os dias 6 e 8 de dezembro, com 2.016 entrevistas em 152 municípios em 25 unidades da Federação. A margem de erro máxima é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%.

Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br -http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

 http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

Da Redação com Roberto 

Ameaados de morte, delatores de Temer e Acio fogem para Nova York

 Ameaçados de morte no Brasil após delatarem Michel Temer e Aécio Neves, os irmãos Joesley Batista, 41 anos, e Wesley Batista, 43, presidente do conselho e CEO da JBS, respectivamente, fugiram para Nova York (EUA).

 

A informação foi divulgada no final da noite desta quinta-feira (17) pelo Jornal da Globo, esclarecendo que a viagem dos irmãos Batista e respectivas famílias para os Estados Unidos foi autorizada pela Justiça brasileira.

A reportagem da TV Globo em Nova York informou ainda que Joesley passou a ocupar um apartamento de sua propriedade na Quinta Avenida, mas, procurado por jornalistas, recusou-se a manter contato com a imprensa.

Segundo matéria de Lauro Jardim, em O Globo, foi Joesley quem no dia 7 de março gravou conversa no Palácio do Jaburu na qual Michel Temer o teria orientado a manter o pagamento de propina a Eduardo Cunha para o ex-presidente da Câmara, preso em Curitiba, manter-se em silêncio.

Quanto a Aécio Neves, policiais federais e investigadores da Lava Jato confirmaram a repórteres da TV Globo que o senador do PSDB teria R$ 2 milhões aos donos da JBS para pagar sua defesa nos processos que contra ele correm no Supremo Tribunal Federal (STF).

Revelou-se também que nas tratativas para receber o dinheiro dos Batista Aécio teria indicado um parente como o homem ao qual seria entregue o dinheiro porque essa pessoa teria que ser “alguém que a gente pode matar antes de fazer delação”.

As notícias sobre a delação dos irmãos Batista podem levar à queda de Michel Temer e à convocação de eleições diretas para Presidente da República, conforme o desejo de manifestantes que saíram às ruas em todo o país.

As manifestações de maior repercussão ocorreram na Avenida Paulista,em São Paulo, Capital, onde se reuniram centenas de pessoas que passaram a noite gritando ‘Fora Temer’ e ‘Diretas Já’.

Em Brasília, o Palácio do Planalto foi cercado por forças militares da Presidência da República e do Exército para proteger Temer e ministros de protestos e buzinaços.

Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br -http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

 http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

Da Redação com Roberto Noticia e Rubens Nóbrega