ELEIÇÕES 2018 - Vice da chapa de Lucélio Cartaxo será de Campina Grande, diz Luciano

 O prefeito Luciano Cartaxo (PV) disse na manhã deste sábado (21) que o vice da chapa de Lucélio Cartaxo (PV) deve vir da cidade de Campina Grande.

Luciano disse que legendas como o PP, PSD e PSDB têm quadros que podem compor a chapa majoritária para a disputa do Governo do Estado e que o nome será de Campina Grande.

Os outros espaços da chapa devem ficar com os Senadores Cássio Cunha Lima (PSDB) e Raimundo Lira (PSD). De acordo com Cartaxo, os senadores já vêm desempenhando “seus mandatos”.

O prefeito comentou a reunião que teve ontem a tarde dom o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) e afirmou que a conversa foi muito satisfatória. Para ele, o fato do Progressistas fazer parte da sua gestão e da do prefeito Romero Rodrigues em Campina Grande “é um grande facilitador” para a manutenção do partido na aliança.

“O PP faz parte da nossa gestão e não é nenhuma conversa nova. Estamos falando de aliado. Também participa da gestão de Romero Rodrigues em Campina Grande. É uma conversa de aliados para que a gente possa dar as mãos e fazer mais pela Paraíba”, destacou.

Solenidade

Luciano chegou a solenidade para a posse da Presidência do Partido Verde na Paraíba, que começou às 9h no Sindicado dos Bancários, na Avenida Beira Rio, na Capital paraibana, junto com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), Lucélio Cartaxo (PV), o deputado federal Rômulo Gouveia, presidente estadual do PSD, e ex-deputado federal Ruy Carneiro, presidente do PSDB na Paraíba.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia

 

ELEIÇÕES 2018 - Sem Lula, Bolsonaro lidera corrida eleitoral, diz pesquisa

 A pesquisa DataPoder360 divulgada neste sábado (21) aponta que o deputado Jair Bolsonaro lidera as intenções de voto para presidente da República. O candidato do PSL tem entre 20% e 22%.

Em segundo lugar aparece Joaquim Barbosa (PSB) com 13% a 16% das intenções de voto. Já no terceiro aparecem praticamente empatados Ciro Gomes (PDT) com 8,4% e Marina Silva (Rede), com 8,2%.

O estudo aponta ainda Fernando Haddad (PT), com 7,4% das intenções de voto e Álvaro Dias (Podemos), com 6,3%.

Outros 17,3% responderam que votariam branco ou nulo e 8,2% não responderam.

A pesquisa DataPoder360 foi realizada nos dias 16 a 19 de abril, por meio de ligações telefônicas (para aparelhos celulares e fixos), e teve 2.000 entrevistas em 278 cidades brasileiras. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. O estudo está registrado no TSE sob o número BR-06596/2018.

O estudo considerou um cenário no qual fossem testados apenas os políticos cuja exposição indicasse taxas acima de 5% e também 1 nome do PT –considerando-se que a tendência é que o Partido dos Trabalhadores possa ter 1 nome próprio em substituição ao de Luiz Inácio Lula da Silva, no momento preso e cumprindo pena de 12 anos e 1 mês em Curitiba (PR).
Cenário 2

Em um segundo cenário testado pelo DataPoder360, considerando 12 nomes de possíveis candidatos a presidente. Os resultados indicam a liderança de Jair Bolsonaro, com 20%.

No segundo lugar está Joaquim Barbosa, com 12,9%, seguido por Marina Silva (10,0%); Ciro Gomes (9,0%); Geraldo Alckmin (8,0%); Alvaro Dias (6,0%); Fernando Haddad (3,9%); Manuela D’Ávila (2,0%); Fernando Collor (1,0%); Guilherme Afif (1,0%); Guilherme Boulos (1,0%); João Amoêdo (0,5%).

Já 16,8% responderam branco ou nulo e 7,9% não sabe ou não respondeu (7,9%).

ELEIÇÕES 2018 - Senador Cássio Cunha Lima descarta a possibilidade de disputar o governo estadual

 O senador Cássio Cunha Lima avisou que precederá qualquer decisão do PSDB sobre a sucessão estadual uma conversa com o prefeito Luciano Cartaxo (PSD).

“É importante, claro, termos essa conversa”, emendou.

À ótica do senador, “o PSDB sempre teve, como continua tendo, com pré-candidato, o prefeito de Campina Grande”.

Cássio foi enfático ao descartar – peremptoriamente – a hipótese de vir a concorrer ao governo estadual, como admitia até a semana passada.

Ele também considerou improvável a participação do deputado Pedro (seu filho) numa chapa majoritária.

– Pedro é candidato a deputado federal e já disse isso em várias ocasiões. E eu sou candidato ao Senado, mesmo com a desistência da postulação do prefeito Cartaxo. Eu mantenho o meu projeto que é disputar à reeleição – avisou CCL.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia

ELEIÇÕES 2018: PSDC anuncia apoio à pré-candidatura de Cartaxo ao Governo

 O Partido Social Democrata Cristão (PSDC) comandado pelo presidente estadual e Vereador de João Pessoa, João Corujinha, realizou neste sábado (24), na sede do partido, uma reunião da executiva estadual para debater sobre as eleições de 2018.

Na reunião foi debatido a composição de uma chapa para as eleições proporcionais, onde serão lançados candidatos para deputados estaduais e federais. Ainda sobre as eleições 2018, ficou definido que o partido apoiará a pré-candidatura do Prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD).

“O partido está intensificando as conversas com outras legendas para montarmos uma coligação proporcional competitiva para Deputados Estadual e Federal, aproveitamos também o encontro para tratar assuntos administrativos e ratificar o nosso compromisso com a pré-candidatura ao Governo do Prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo” João Corujinha, presidente estadual do PSDC.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia

ELEIÇÕES 2018 - Encontro do MDB na casa de Maranhão não teve Manoel Jr e Lira

 O senador José Maranhão (MDB) realizou na manhã desta sexta-feira (23) uma reunião com os deputados federais, estaduais e senadores da sigla em sua residência em João Pessoa.

Indagado sobre a ausência de Manoel Júnior que é vice-prefeito da Capital, Maranhão disse que ele não foi convidado porque a reunião era só dos parlamentares com mandato no Estado ou no âmbito federal.

 

O senador Raimundo Lira não pode participar , mas foi representado pelo próprio Maranhão que explicou os assuntos tratados no evento.

 

O presidente do MDB na Paraíba destacou que foi aclamado pelos presentes que o nome da sigla será Maranhão para o Governo do Estado e que essa decisão é irrevogável.

Ele comentou sobre a permanência ou não do deputado federal Andre Amaral e que não haverá problemas da sigla em conversas com todas as legendas para compor coligações e a chapa majoritária.

 

"O partido se manifestou sobre as eleições nesta reunião. Ficou acertado o inteiro apoio a pré-candidatura do senador Lira a reeleição e de José Maranhão para o Governo.

Nós deliberamos o apoio irrestrito e irrevogável. Os partidos podem vir a se coligar para fazer parte das chapas, mas não posso falar por eles. Sobre Hugo Mota e seu pai , Nabor Wanderley, eles já desmintiram que vão sair: "é mentira nós não pensamos em deixar o MDB". Eu digo e repito, nunca tivemos ouvido para fofocas.

As candidaturas do MDB incomodam pois nossos adversários observam que elas nasceram fortes e seguirão fortes. Sobre Amaral , ele segue no MDB, mas ele tem problemas de alianças. Se ele vai ou não sair ainda não se sabe.

O que está certo é que ele disse que vai apoiar o nome do MDB, mesmo que venha a sair. A ideia é manter aliança com MDB. Sobre o fundo partidário a discussão é no âmbito nacional e não foi discutido esse assunto.

É evidente que vamos contar com os filiados do MDB em todas as cidades. Uma reunião em breve será realizada para definir mais outros pontos", revelou Maranhão em entrevista ao Correio Debate.

 

Compareceram à reunião: Veneziano Vital, Raniery Paulino, Roberto Paulino, Olenka Maranhão; Antônio de Souza, Hugo Motta, Nabor Wanderley, Jullys Roberto; André Amaral, Ricardo Marcelo e Pedro Medeiros.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br –

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia